Menu

18 abril 2013

Subsedes divulgam agenda para semana da paralisação no Estado


Subsedes divulgam agenda para semana da paralisação no Estado

Ações envolvem reuniões e atos em espaços públicos


O Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT) divulga as listas de programações já definidas por várias subsedes para a semana de paralisação que inicia nos próximos dias. Entre os dias 22 e 26 todos os educadores das redes municipais e estaduais estão convocados a integrar esta grande mobilização que será realizada em todo país em prol de uma educação de qualidade e que valorize mais os profissionais.
As atividades programadas vão desde reuniões que sensibilizem a comunidade escolar em torno da necessidade de reivindicação de melhorias ao setor educacional até atos públicos em que a união fará a diferença.
O presidente do Sintep/MT Henrique Lopes convoca toda a categoria para esta mobilização. O cenário de descaso com os prédios de escolas e uma lista de pauta de reivindicações que precisam avançar tanto na rede municipal quanto estadual, precisam ser divulgadas e debatidas com a sociedade mato-grossense, aponta. Neste link o presidente convoca os trabalhadores, confira.
Em alguns municípios a mobilização ainda é organizada conforme a realização de assembleias. No interior a diretora regional da Oeste 3 do Sintep/MT e presidente as subsede de Pontes e Lacerda Edna Bernardo da Silva conta que várias cidades ainda podem aderir ao movimento.
Edna espera resultados positivos da semana de paralisação promovida no Estado. "A nossa expectativa é ir à rua e apresentar para a sociedade que a propaganda do governo estadual é mentirosa. Nós acreditamos que nessa semana de mobilização vamos fortalecer a categoria para as nossas lutas". Além de Pontes e Lacerda os municípios de Vila Bela e Vale do São Domingos também irão desenvolver atividades de mobilização na região.

Confira abaixo a agenda:
 
Barra do Garças
Terça- feira (23) às 9hSerá realizada assembléia geral na subsede38 escolas Quarta-feira (24)
Representantes da subsede seguem para Brasília
Cuiabá
Rede estadual
Segunda e terça-feira (22 e 23)Durante suspensão das aulas os profissionais irão promover reflexões nas escolas com os pais em defesa e promoção da escola pública, além de temas que envolvam a pauta de reivindicações da categoria.
Quarta-feira (24)Às 14h30 a subsede de Cuiabá lança no auditório do Sintep/MT a campanha "Educação Pública, Eu Apoio".
Quinta-feita (25)Às 8h30 os trabalhadores estarão na praça Alencastro na Capital expondo a apresentação "Palácios versus Escolas e Creches", em que serão comparadas as estruturas das unidades escolares com os demais prédios públicos.
Às 14h30 os trabalhadores seguem em passeata ao Palácio Paiaguás
Sexta-feira (26)Educadores participam do Conselho de Representantes e às 14h da Assembléia Geral.
 
Rede municipal
Dias 24 e 26 os trabalhadores promovem reunião de reflexão com pais, dia 25 paralisam as atividades.
 
Pontes e Lacerda
Segunda-feira (22) às 7h
Os trabalhadores se reúnem na Escola Estadual Deputado Dormevil Farias e às 8h30 seguem em passeata até à Prefeitura, onde fazem ato público e em seguida continuam a mobilização até à Secretaria Municipal de Educação.
Os trabalhadores se reúnem na Escola Estadual Deputado Dormevil Farias e às 8h30 seguem em passeata até à Prefeitura, onde fazem ato público e em seguida continuam a mobilização até à Secretaria Municipal de Educação.Terça- feira (23)
Representantes da subsede concedem entrevista à imprensa pela manhã e às 13h realizam assembléia com os servidores da rede municipal na Escola Estadual Catorze de Fevereiro.Quarta-feira (24) às 8hSerá realizada a aula cidadã em frente ao Banco do Brasil na praça Miguel Gajardoni e panfletagemQuinta e sexta-feira (25 e 26 )Encaminhamento de representantes da cidade para Cuiabá RondonópolisSegunda-feira (22)Serão realizadas assembleias com a comunidade escolar, como confecção de cartazes, dossiês, painéis e gincanas. Serão debatidos entre os profissionais temas como a aplicação do piso salarial, carreira e jornada, repasse dos recursos da alimentação escolar, repasse com regularidade do PDE, condições físicas das escolas (climatização, instalações elétricas e hidráulicas), situação dos laboratórios de informática, química, biologia e causas da não aprendizagem que promovem a exclusão.
Terça-feira (23) às 8h
Ato público na praça Brasil com
Terça-feira (23) às 8hAto público na praça Brasil com exposição dos painéis, dossiês, textos das escolas e apresentações artísticas do projeto Mais Educação.
Quarta-feira (24) às 13hSerão realizadas a assembleia geral e audiência na Câmara Municipal, onde aos educadores discutirão a possibilidade da continuidade da greve por tempo indeterminado.
Quinta-feira (25)Trabalhadores de Rondonópolis participam do ato público que será realizado em Cuiabá.
Sexta-feira (26)Participação da subsede no Conselho de Representantes e Assembleia Geral em Cuiabá.
Rosário Oeste
Segunda-feira (22)Assembleias com a comunidade escolar e entornos: confecção de cartazes, dossiês, painéis, acrósticos, gincanas.Terça-feira (23) às 8hLançamento da campanha "Educação Pública, Eu apoio" no cinema municipal e Assembleia GeralQuarta-feira (24)Atividades com professores, funcionários e audiência com prefeito.Quinta e sexta-feira (25 e 26)Atividades em Cuiabá.

SinopSegunda-feira (22) às 8hEducadores se reúnem na Assessoria pedagógica na avenida das Embaúbas no Centro e seguem em passeata até à Prefeitura. SorrisoQuinta-feira (25) às 9hEducadores da rede estadual vestidos de camiseta preta, simbolizando o luto na educação, se reúnem na Escola Estadual Ignácio Schevinski Filho, que fica localizada na rua Passo Fundo, n° 1.243, no bairro Jardim Industrial. Após reunião os trabalhadores realizarão uma passeata.
 Várzea Grande
Rede municipal
Terça-feira (23) às 8h
Assembleia Geral, na Praça da Todimo, para definir a retomada do movimento de greve em VG, caso o Novo Plano de Carreira não seja sancionado até 10 de maio e a revisão do enquadramento de 2010. Em seguida, será realizada uma caminhada até a Igreja Nossa Senhora do Carmo para um ato de advertência à sociedade sobre a necessidade do Executivo resolver os problemas da carreira dos profissionais em educação no município.
Quarta-feira (24) às 8hExposição dos dossiês das escolas denunciando as péssimas condições de infraestrutura e os riscos vividos por educadores e estudantes na Praça da Igreja Nossa Senhora do Carmo (Centro de VG). *com participação dos trabalhadores da rede estadual
Quinta-feira (25)Ato público em frente à Câmara de Vereadores, cobrando os pontos da Pauta de Reivindicação e alertando o Executivo e o Legislativo acerca dos Problemas com o Plano de carreira e os direitos negados aos Profissionais da Educação. Após o ato a categoria fará uma caminhada de protesto pelo Paço Municipal Couto Magalhães.
 
Rede estadual
Quarta-feira (24) às 8hApresentação do dossiê sobre a situação das escolas estaduais na praça da Igreja Nossa Senhora do Carmo no centro de Várzea Grande.
Quinta-feira (25) às 14h
Ato público de protesto em frente ao Palácio do Governo estadual e caminhada até à Assembleia Legislativa.
Sexta-feira (26) às 14hAssembleia geral da categoria na Escola Presidente Médici em Cuiabá.

Assessoria imprensa Sintep/MT